O Cariúnas é um programa sócio cultural mantido pela ONG-Sociedade Artística Mirim de BH, voltado para a atenção de crianças e adolescentes, entre 7 e 18 anos de idade. Quando o Cariúnas nasceu, há 20 anos, um dos pontos principais defendidos pela idealizadora, era o desejo de oferecer às crianças oportunidades para que desenvolvessem amplamente suas habilidades artísticas. Desta forma o Cariúnas adotou uma filosofia de ensino interdisciplinar que integra música e dança, com o objetivo de promover o desenvolvimento das habilidades motoras, afetivas, cognitivas e sociais dos seus alunos.

Nas segundas, quartas e sextas, em horário extra escolar, 270 crianças participam de uma programação intensiva de aulas de música, dança e instrumentos, desfrutando todos de um espaço estimulante e humanizado.  Nas terças e quintas feiras, cerca de 75 crianças participam da Escolinha de futebol Society.

As origens do projeto remontam ao trabalho de extensão realizado na Escola de Música da UFMG pelo Centro de Musicalização Infantil e ao projeto “Criança e Música”, parceria da mesma Escola de Música com a Fundação CDL de BH.

Idealizadora e Responsável pelo projeto:

Tânia Mara Lopes Cançado, (In memoriam - 2016) foi pianista e Doutora em Educação Musical pela Shenandoah University, USA. Se apresentou em recitais de músicas brasileiras nos Estados Unidos, Europa, e nas principais salas de concerto do Brasil. Gravou os Cds: Conexão, Especial Tânia Cançado, e Tributo a Ernesto Nazareth, indicado ao Prêmio Sharp em 1994. Foi diretora da Escola de Música da UFMG de 1990 a 1994, e Vice-diretora no período de 1986 a 1990. Em 1985 criou e dirigiu o Centro de Musicalização Infantil da mesma escola, em 1988 implantou o Projeto Criança e Música em creches da periferia de Belo Horizonte, apoiado pela Fundação CDL Pro Criança. Em 1997 fundou a ONG Sociedade Artística Mirim, responsável pelo Projeto CARIÚNAS, do qual também foi a sua idealizadora, que funciona há mais de 20 anos.